Segunda e terça é dia de portões abertos e doações na Expoingá

Foto: SRM

Além de ser uma feira voltada ao fomento do agronegócio, indústria e comércio, a Expoingá tem um forte enfoque social priorizando alguns dias dentro de seu calendário (4 a 14 de maio) para a solidariedade. Todos os anos, a Feira realizada dois dias de portões abertos, quando a entrada no parque de exposições é feita com a doação de alimentos, agasalhos e itens de higiene pessoal.

A data desta colaboração, este ano, será segunda e terça-feira, dias 8 e 9. Para acessar o parque e aproveitar todos os atrativos, as pessoas podem fazer a doação de alimentos, na segunda-feira (feriado municipal em comemoração ao aniversário de Maringá), e de itens de higiene pessoal ou agasalhos na terça-feira, quando o portão de acesso ao parque também será aberto.

A coleta de alimentos é uma ação da Sociedade Rural de Maringá e SRM-Mulher, organizadoras da Expoingá, em parceria com o Provopar e Prefeitura Municipal, enquanto a coleta de itens de higiene é uma parceria com a Arquidiocese de Maringá. No ano passado, foram arrecadadas mais de 70 toneladas de alimentos e mais de 25 mil itens de produtos de higiene e agasalhos.

Para a presidente do Provopar, Eliane Maia, a arrecadação dos alimentos é fundamental para que o município possa atender o maior número possível de entidades filantrópicas de Maringá. Já Maria Iraclézia de Araújo, presidente da Sociedade Rural, diz que o dia da solidariedade é uma ótima oportunidade para que as famílias visitem a feira e ajudem o próximo. “Esta é uma ação que realizamos há mais de dez anos e esperamos sempre contar com a colaboração das pessoas”, finaliza.

A Revest Acabamentos será responsável pela logística dos alimentos doados na Expoingá. Para recolher as doações, a empresa irá disponibilizar oito caminhões e quatro caminhonetes. A equipe deverá começar o trabalho às 8h, três horas antes do acesso ao público, e deverá encerrar o trabalho às 24h, uma hora depois do fechamento dos portões. Será a quinta vez que a empresa vai prestar esse serviço voluntário.

Para ajudar na missão, participarão cerca de 600 voluntários, incluindo 200 jovens que fazem treinamento no Tiro de Guerra. A expectativa é que sejam doadas cem toneladas de alimentos.

Com informações da Assessoria de Imprensa da SRM.

COMPARTILHAR